Oralidade, texto e hipertexto: considerações à luz da Teoria Sócio-histórica

Autores

  • Ana Paula Figueiredo
  • Silvana Faria de Melo
  • Eliane Freire de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.32813/2179-1120.2013.v6.n2.a102

Palavras-chave:

Mediação, Tecnologias da inteligência, Teoria sócio-histórica

Resumo

Este artigo traz uma reflexão acerca das novas possibilidades educativas advindas das tecnologias digitais, buscando uma articulação entre o conceito de tecnologias da inteligência de Pierre Lévy e a teoria sócio-histórica de Vygotsky a respeito do desenvolvimento cognitivo. Busca-se, também, discutir alguns conceitos fundamentais referentes aos contextos digitais de aprendizagem na contemporaneidade.

Downloads

Publicado

2014-02-04