MESTRADO PROFISSIONAL EM FOCO: DESTACANDO TRÊS PROGRAMAS EM MINAS GERAIS

Palavras-chave: Mestrado Profissional, Currículo, Produto Educacional

Resumo

O presente artigo busca apresentar a estrutura de três programas de mestrado profissional na área de Educação e Educação Matemática em Minas Gerais. O objetivo é divulgar a organicidade dos programas, suas normas e disposições curriculares que promovem a formação de pesquisadores. Cada um dos programas tem possibilitado a certificação de professores, gestores e técnico-administrativos e habilitando-os a produzir pesquisa na área educacional com diversas temáticas e com a produção de produtos educacionais. Os dados apresentados foram construídos a partir dos regimentos, sites e normas de funcionamento dos programas de mestrado escolhidos.

 

Biografia do Autor

Marco Kistemann, UFJF
Professor Departamento de Matemática (UFJF)
Milton Rosa, UFOP
PESQUISADOR UFOP CEAD
Daniel Orey, UFOP
PESQUISADOR UFOP CEAD
Adriana Toledo, REDE MUNICIPAL DE JUIZ DE FORA
PROFESSORA DA EDUCAÇÃO BÁSICA

Referências

BRASIL. Mestrado profissional: o que é? Brasília, DF: Fundação CAPES, 2014. Disponível em: http://www.capes.gov.br/avaliacao/sobre-a-avaliacao/mestrado-profissional-o-que-e>. Acesso em: 26 de Março de 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 17, de 28 de dezembro de 2009. Brasília, DF: CAPES, 2009. Disponível em: <http://migre.me/vvPqF>. Acesso em 27 de Março de 2019.

BRASIL. Documento de Área 2013. Brasília, DF: CAPES, 2013. Disponível em: <http://migre.me/vAw3N>. Acesso em: 23 de Março de 2019.

FISHER, T. Seduções e riscos: a experiência do mestrado profissional. Pensata - Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 2, p. 119-123. 2003.

MELO, K. V. A.; OLIVEIRA, R. R. Origens e desenvolvimento institucional de um mestrado profissional. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p. 105-123, 2005.

MOREIRA, M. A.; NARDI, R. O mestrado profissional na área de Ensino de Ciências e Matemática: alguns esclarecimentos. Revista Brasileira de Educação, Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 3, 2009, p. 1-9.

Publicado
2019-08-31