VISÃO DE ALUNOS E PROFESSORES SOBRE MELHORIAS NA EDUCAÇÃO: PESQUISA DE CAMPO EM ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DE UMA CIDADE SUL MINEIRA

Fabrício Pelloso Piurcosky, Guaracy Silva, Nilton dos Santos Portugal, Celso Augusto dos Santos Gomes, Sheldon William Silva

Resumo


Este trabalho analisa a percepção de alunos e professores de uma cidade sul mineira quanto à educação oferecida e os modelos vigentes. Tal abordagem se faz necessária pelo fato da nota do IDEB no município ter sofrido uma queda desde o censo de 2011. O propósito deste estudo é investigar, a partir da percepção dos alunos e professores, os principais motivos que podem ter provocado os resultados atuais dos testes de proficiência. Este propósito é alcançado a partir da fundamentação teórica e mediante uma pesquisa de campo com alunos da 4ª série/5° ano à 8ª série/9° ano e professores da rede pública municipal de ensino. A análise evidenciou que grande parte dos alunos está interessada em frequentar a escola com a expectativa de uma melhoria de vida e melhores fontes de trabalho. Mostrou também que vários fatores influenciam o processo de ensino aprendizagem: corpo docente, metodologia de ensino, gestão escolar, estrutura física e suporte familiar. 


Palavras-chave


Educação; Escola Pública; Ensino-Aprendizagem; Metodologias Ativas.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil (1988). Atividade Legislativa. Art. 211, Texto compilado até a Emenda Constitucional nº 64 de 04/02/2010. Disponível em: . Acesso em: 11 nov. 2017.

BRASIL, Ministério da Educação. Como é feita a divisão dos recursos distribuídos pelo Fundeb? 2016. Disponível em: . Acesso em: 11 nov. 2017.

CÓRIA-SABINI, M. A. Psicologia do desenvolvimento. São Paulo: Ática 1998.

CURY, C. R. J. A educação básica no Brasil. Educação e Sociedade, v. 23, n. 80, p. 168-200, 2002.

DESSEN, M. A.; POLONIA, A. C. A família e a escola como contextos de desenvolvimento humano. Paidéia, v. 17, n. 36, 2007.

FERNANDES, R. Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB): metas intermediárias para a sua trajetória no Brasil, estados, municípios e escolas. Brasília: INEP, 2009. Disponível em:

. Acesso em: 28 jan. 2019.

GOMES, U. D.; VASQUES, L. V.; SILVA, S. W. O contexto da educação a distância no Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal. EaD & Tecnologias Digitais na Educação, v. 5, n. 7, p. 53-63, 2017.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. IBGE-Cidades. 2017. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/eloi-mendes/panorama Acesso em 11 dez. 2017.

INOVEDUC, Folha dirigida. O que são metodologias ativas de ensino? 2017. Disponível em: http:/inoveduc.com.br/o-que-e/o-que-sao-metodologias-ativas/>. Acesso em: 12 dez. 2017.

LEÃO, D. M. M. Paradigmas contemporâneos de educação: escola tradicional e escola construtivista. Cadernos de pesquisa, v. 107, p. 187-206, 1999.

LÓPEZ, I. S. Educação na família e na escola: o que é, como se faz? 2.ed. São Paulo: Editora Loyola, 2009.

MORAN, J. M. A educação que desejamos novos desafios e como chegar lá. Campinas: Papirus, 2007.

NÓVOA, A. Educação 2021: para uma história do futuro. In: CATANI, D. B.; GATTI JÚNIOR, D. (Org.). O que a escola faz? Elementos para a compreensão da vida escolar. Uberlândia: Edufu, 2015. p. 51-69.

OLIVEIRA, C.; GANZELI, P. Relações intergovernamentais na educação: fundos, convênios, consórcios públicos e arranjos de desenvolvimento da educação. Educ. Soc., v. 34, n. 125, Campinas-SP. p. 1031-1047, Out./Dez. 2013.

PANTELIADES, D. Por que a escola deve se aproximar dos interesses dos alunos? Belo Horizonte, 2015. Disponível em: . Acesso em: 29 nov. 2017.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3 ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SAMPAIO, S. A importância da parceria família-escola no processo de ensino aprendizagem. Revista Brasileira de Educação e Saúde, v. 5, n. 2, p. 39-45, abr.-jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2018.

VERGARA, S. C. Projeto e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas Editora, 2003.

VILLANI, M.; OLIVEIRA, D. A. Avaliação Nacional e Internacional no Brasil: os vínculos entre o PISA e o IDEB. Educ. Real, vol. 43, nº 4, Porto Alegre, Oct./Dec. 2018, p. 1343-1362.




DOI: http://dx.doi.org/10.32813/rchv12n12019artigo4

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Ciências Humanas - eISSN: 2179-1120




Programa Anti-plágio utilizado:

CopySpider