REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE IDOSOS E CONDIÇÕES DE VIDA NO MEIO RURAL

Silvia Coutinho Areosa, Cristiane Redin Freitas

Resumo


Este artigo buscou investigar através de entrevistas com idosos entre 60 e 92 anos, de ambos sexos, suas representações sociais sobre a velhice e os modos de vida que marcam suas trajetórias no meio rural. O estudo qualitativo foi realizado em sete distritos rurais no interior do Rio Grande do Sul teve a Teoria da Representações Sociais como arcabouço teórico para compreensão da temática. Os resultados demonstraram que o contexto onde vivem os idosos interfere significativamente na forma como estes elaboram suas representações sociais e nos significados que compartilham entre si. A compreensão dos significados das representações sociais pode auxiliar na construção de ações, programas e políticas voltadas para o idoso no meio rural, tendo em vista que as ações que hoje são desenvolvidas têm como base as pesquisas com pessoas de mais idade que residem em centros urbanos.


Palavras-chave


Representações sociais; velhice; meio rural.

Texto completo:

PDF

Referências


ALCÂNTARA, A. Envelhecer no contexto rural: a vida depois do aposento. In: ALCÂNTARA, A. O.; CAMARANO, A.A.; GIACOMIN, K.C. (Org). Política Nacional do Idoso: velhas e novas questões. Rio de Janeiro: IPEA, 2016, p. 323-342.

ALCÂNTARA, A. O.; CAMARANO, A.A.; GIACOMIN, K.C.(Org). Política Nacional do Idoso: velhas e novas questões. Rio de Janeiro: IPEA, 2016.

ARAÚJO, A. O; GUARATO, D. Z. Envelhecimento e Saúde Mental. In. COSTA, G.A. Atividade Física, envelhecimento e manutenção da saúde. Uberlândia: EDUFU, 2010.

BAUER, M. W; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2005.

COMERLATO, E. M. B.; GUIMARÃES, I.; ALVES, E. D. Tempo de plantar e tempo de colher: as representações sociais de profissionais de saúde e idosos sobre o processo de envelhecimento. Rev. Eletr. Enf. [Internet]. v.9, n.3, p.736-47, 2007. Disponível em: . Acesso em set. 2018.

DANIEL, F.; ANTUNES, A.; AMARAL, I. Representações sociais da velhice. Análise Psicológica, v. 33, n. 3, p. 291-301, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

DANIEL, F.; SIMÕES, T.; MONTEIRO, R. Representações sociais do «Envelhecer no masculino» e do «Envelhecer no feminino». Ex aequo, n. 26, p. 13-26, 2012. Disponível em: . Acesso em: set. 2018.

DIOGO, M. J.D.; NERI, A.L.; CACHIONI, M.; (Orgs.). Saúde e Qualidade de Vida na velhice. 3. ed. Campinas, SP: Alinea, 2009 (Coleção velhice e sociedade).

FOCCHESATTO, A.; CAMBOIM ROCKETT, F.; SCHWEIGERT PERRY, I. D. Fatores de risco e proteção para o desenvolvimento de doenças crônicas em população idosa rural do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 18, n. 4, 2015. Disponível em: . Acesso em: set. 2018.

JOVCHELOVITCH, S. Os contextos do saber: representações, comunidade e cultura. Tradução Pedrinho Guareschi. Coleção Psicologia Social. Petrópolis: Vozes, 2008.

LIMA, S.C. Promoção da saúde a partir de contextos territoriais. In: NOGUEIRA, H.; REMOALDO, P. C. A. (org.) Desigualdades Socioterritoriais e Comportamentos em Saúde. Edições Colibri. Lisboa. 2012. p. 31-46.

MACIEL, R. O. A internalização da previdência social rural na vida dos idosos em municípios pertencentes à região da AMREC. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2015. Disponível em: Acesso em: set. 2018.

MINAYO, M. C.S.; COIMBRA JR., C. E. A. Introdução: entre a liberdade e a dependência: reflexões sobre o fenômeno social do envelhecimento. In: MINAYO, M.C.S.; COIMBRA JR., C. E. A (orgs.). Antropologia, saúde e envelhecimento [online]. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2002. 212p. p. 11-24. Disponível em: .

MOTTA. A. B. Envelhecimento e Sentimento do Corpo. In: MINAYO, M. C.S.; COIMBRA JR., C. E. A (orgs.). Antropologia, saúde e envelhecimento [online]. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2002. 212p. P. 37-49. Disponível em: .

MOTTA, L. B.; CALDAS, C. P.; ASSIS, M. A formação de profissionais para a atenção integral à saúde do idoso: a experiência interdisciplinar do NAI - UNATI/UERJ. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n. 4, p. 1143-1151, Ago. 2008. Disponível em: . Acesso em set. 2018.

MORAIS, E.P.; RODRIGUES, R.A. P.; GERHARDT, T. E. Os idosos mais velhos no meio rural: realidade de vida e saúde de uma população do interior gaúcho. Texto contexto - enferm. Florianópolis, v. 17, n. 2, p. 374-383, junho 2008. Disponível em: . Acesso em set. 2018.

MOSCOVICI, S. Representações Sociais: investigação em psicologia social. Tradução de Pedrinho Guareschi. Coleção Psicologia Social. Petrópolis: Vozes, 2003.

PEDREIRA, R.B. S.; ANDRADE, C.B.; BARRETO, V.G.A.; JUNIOR, E.P.P.; ROCHA, S. V. Autopercepção de saúde entre idosos residentes em áreas rurais. Revista Kairós Gerontologia, São Paulo, v.19, n.1, p. 103-119, 2016. Disponível em: . Acesso em: 28 ago. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.32813/rchv11n22018artigo6

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Ciências Humanas - eISSN: 2179-1120




Programa Anti-plágio utilizado:

CopySpider