Análise semiótica de anúncios na TV para fidelização do público infantil

Renata Teixeira de Moura Santos

Resumo


As bonecas Barbie e os carrinhos Hot Wheels são os brinquedos mais vendidos no planeta. A Barbie, com mais de 50 anos, já ultrapassou a casa de um bilhão de unidades vendidas. O Hot Wheels, um pouco mais novo, com 44 anos, já passa dos dois bilhões de carrinhos comercializados em todo mundo. Mas o que faz com que as crianças sejam tão fiéis a essas marcas? Para entender um pouco mais do marketing infantil e também da fidelização de marcas tão duradouras essa pesquisa usou a análise semiótica para analisar duas propagandas veiculadas na TV aberta, uma da Barbie e outra do Hot Wheels. Engana-se quem pensa que propaganda para crianças é brincadeira. Tudo é pensado para envolver e convencer os pequenos, a música, as cores, o cenário, o enredo, nada escapa dos profissionais de marketing. E é por isso que hoje o segmento infantil é um dos que mais cresce em todo mundo.

Palavras-chave


Marca; Fidelização; Público infantil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32813/2179-1120.2011.v4.n2.a16

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 Revista Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Ciências Humanas - eISSN: 2179-1120




Programa Anti-plágio utilizado:

CopySpider