Escola e Família: Contextos de Desenvolvimento Humano

Alissandra Calderaro Soares da Silva, Josinára Ribeiro de Alencar, Edna Maria Querido de Oliveira Chamon, Marilza Terezinha Soares de Souza

Resumo


A escola e a família constituem dois contextos de desenvolvimento fundamentais na trajetória das pessoas. Ambas são responsáveis pela transmissão e construção do conhecimento culturalmente organizado, atuando não só como propulsoras, mas como inibidoras do desenvolvimento. Por meio das interações familiares se concretizam as transformações na sociedade que, por sua vez, influenciarão as relações familiares futuras. Ela é a principal responsável por incorporar as transformações sociais e inter-geracionais ocorridas ao longo do tempo. No ambiente familiar, a criança aprende as habilidades sociais com as quais irá interagir. Para isto as famílias podem contar com uma rede social de apoio nas transições do desenvolvimento, porém, a principal rede de apoio familiar é oriunda das próprias interações entre seus membros. A escola constitui um contexto diversificado de desenvolvimento e aprendizagem que é permeado por conflitos problemas e diferenças. Como um microssistema da sociedade reflete as transformações atuais e tem como uma de suas tarefas mais importantes, preparar alunos, professores e pais para viverem e superarem as dificuldades contribuindo para os processos de desenvolvimento do indivíduo. Os contextos familiar e escolar se interagem e mediam, merecendo uma atenção especial. Família e Escola constituem os dois principais ambientes de desenvolvimento humano nas sociedades ocidentais contemporâneas. No presente estudo faremos uma leitura destes contextos à luz da Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano de Bronfenbrenner.

Palavras-chave


Contexto escolar; Contexto Familiar; Desenvolvimento Humano

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN 2179-1120